domingo, 14 de junho de 2009

Sinta o Cheiro.



PERFUME NO BRASIL:

A indústria do perfume só chegou ao Brasil junto com o século XX. O hábito
de perfumar-se veio com a corte portuguesa, em 1808.

Os perfumes eram vindos de outros países, principalmente Inglaterra e
somente após alguns anos foi permitido a produção local de artigos de
luxo.

O Brasil Imperial consumia perfumes em quantidades incríveis. Registro da época mostram que em 1867, durante o reinado de D.Pedro II, o Brasil, por estranho que pareça, figurava entre os maiores importadores de perfumes franceses.

Em 1844, a criação de uma taxa aduaneira para taxar manufaturados importados impulsionou a substituição de importações a instalações de fábricas no país.

ANATOMIA DO PERFUME

Como o cheiro pode provocar em nós fortes reações emocionais, podemos concluir que o olfato é realmente poderoso.

Naturalmente, ao lidar com tão precioso sentido, a criação de perfumes só poderia ser considerada uma arte, comparável à elaboração de uma pintura, uma música, uma poesia.

De qualquer modo, a força de um perfume depende, basicamente da concentração de fragrâncias e das matérias-primas utilizadas em sua concepção.

Do ponto de vista técnico, um perfume consiste na mistura de várias substâncias, naturais ou químicas, dissolvidas em álcool. Essa mistura de componentes voláteis espalha-se no ar em temperaturas normais.

O fator determinante dos tipos de fragrância é a concentração e a qualidade da essência.E não aqueles acendedores de churrasqueiras(só álcool)

MEMÓRIA OLFATIVA

Já experimentou a sensação de volta ao tempo ao sentir um aroma que há muito não sentia? Como o cheiro do café da fazenda, do orvalho, de alguma comida.

É incrível como alguns cheiros estão associados à nossa memória e como uma simples lembrança torna-se capaz de resgatar sensações que nem lembrávamos mais.
Com o perfume então, as sensações são ainda mais fortes.

DICAS:

* Nunca compre um perfume com base no cheiro que ele tem em outra pessoa, pois como vimos, o perfil genético, os hábitos alimentares, o grau de transpiração e até o temperamento de cada um afetam o aroma do produto.

* Teste o perfume na própria pele. As condições de saúde também interferem: doenças afetam a química do corpo.

* Perfumes duram mais em pontos onde a circulação sanguínea é mais intensa, incluindo umbigo, nuca ou atrás dos joelhos, além, claro, dos pulsos.

* Para sentir o resultado completo de um perfume é preciso aguardar pelo ou menos uma hora, permitindo o desenvolvimento das três fases da difusão da fragrância - notas de cabeça, ou saída, notas de corpo ou coração e notas de fundo. As notas de cabeça ou saída são a primeira impressão do perfume, duram por volta de 15 minutos. As notas de corpo ou coração são liberadas a partir do aquecimento da pele e duram 40 minutos, pois em seguida vêm as notas de fundo, mais tardias e persistentes.

Perfumes não devem ser mantidos ao abrigo de luz, umidade e calor, pois se alteram quando expostos a esses agentes. Assim, o pior lugar para guardar o perfume é o banheiro.

Sem contato com o ar um frasco de perfume pode durar anos.

Jamais use um perfume antes da exposição ao Sol, pois trata-se de um produto químico que pode agir como sensibilizante e provocar manchas na pele.

Há séculos o homem aprendeu a acentuar e conservar as fragrâncias da natureza com resinas e bálsamos capazes de capturar-lhes a alma e dar-lhes corpo.

Usar um perfume equivale a dar vazão a um sonho e transformá-lo em uma possibilidade real. A fragrância deve dar um recado pessoal, revelando de maneira marcante e discreta algo de cada pessoa.


E vocês girls, qual fragância usam ???

1 comentários on "Sinta o Cheiro."

Brechó Maluco on 19 de junho de 2009 08:39 disse...

Olá!

Vim te convidar para conhecer meu cantinho.
Passa lá:
http://brecho-maluco.blogspot.com

Bjks

Postar um comentário

Seguidores

 

Di Moça Bonita Copyright 2009 Fashionholic Designed by Ipiet Templates Sponsored by Tadpole's Notez